9 Sinais de Que uma Pessoa Está Com Depressão Perto de Você!

Todo mundo se sente chateado ou desmotivado de tempos em tempos, mas a depressão é mais grave. É um distúrbio de humor caracterizado por sentimentos prolongados de tristeza e perda de interesse nas atividades diárias. Se esses sintomas persistirem por um período de pelo menos duas semanas, é considerado um episódio depressivo.

Milhões de pessoas sofrem de alguma forma de depressão todos os anos, tornando-se um dos transtornos mentais mais comuns. Obter uma compreensão mais profunda da depressão pode ajudar a começar a jornada para a recuperação. Dedicar algum tempo para aprender mais sobre as causas e sintomas da depressão o ajudará bastante na hora de considerar os métodos de tratamento.

Causas da Depressão:

Não há uma causa para a depressão, pois depende de uma combinação única de composição genética e condições ambientais de um indivíduo. Há muitos fatores a serem levados em consideração:

  • Estrutura física ou química do cérebro;
  • História de depressão na família;
  • História de outros distúrbios ( ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático)
  • Eventos estressantes e traumáticos (abuso, questões financeiras, morte de um ente querido);
  • Alterações hormonais (ciclos menstruais, gravidez);
  • Certos medicamentos (soníferos, medicamentos para pressão arterial).

Sinais e Sintomas de Depressão:

Embora existam vários tipos de depressão, muitas delas apresentam sintomas reconhecíveis semelhantes. Esta lista arranha a superfície, mas fornece uma ideia geral do que compreende a depressão:

  • Sentimentos persistentes de tristeza, desesperança, inutilidade ou vazio;
  • Irritabilidade, frustração ou inquietação;
  • Perda de interesse em atividades ou hobbies que costumavam ser agradáveis;
  • Dificuldade para dormir, distúrbios do sono ou dormir demais;
  • Fadiga e falta de energia;
  • Dificuldade para pensar com clareza, lembrar, concentrar-se ou tomar decisões;
  • Alterações de apetite ou peso;
  • Pensamentos recorrentes de morte ou suicídio;
  • Sintomas físicos como dores de cabeça, dores de estômago ou dores nas costas.

Experimentar alguma combinação desses sintomas por um período de pelo menos duas semanas provavelmente significa que você está no meio de um episódio depressivo.

Tratamento:

Qualquer tratamento para a depressão deve coincidir com uma alimentaão saudável e um horário de sono regular. Pode parecer simplista, mas a importância de cuidar do seu corpo não pode ser ignorada.

Existem vários métodos que você pode usar para aliviar os sintomas da depressão. Todos nós poderíamos exercitar-nos com mais frequência, mas o exercício é especialmente útil para a mente deprimida. Permite lidar melhor com o estresse, e as endorfinas liberadas durante o exercício dão um impulso mental. Além dos benefícios para a saúde mental, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) relatam que a atividade física ajuda a dormir melhor à noite.

O yoga é uma forma mais acessível de exercício, porque não requer equipamento e porque muitos dos movimentos e poses não exigem muito esforço. A meditação é uma maneira altamente eficaz de clarear a cabeça e acalmar o corpo. Também é fácil de fazer, com meditações guiadas disponíveis através de aplicativos para telefone, online em texto e vídeos e em livros.

Se você gosta de manter um diário, pode achar que é útil expressar seus pensamentos no papel, em vez de engarrafá-los. É útil ter amigos próximos e familiares em quem você possa confiar, mas eles nem sempre estão disponíveis ou podem estar lidando com o estresse deles. Isso faz com que manter um diário seja uma boa ideia para ter uma maneira alternativa de desabafar.

A terapia com qualquer pessoa, de um orientador a um terapeuta certificado, pode fazer maravilhas, e muitos podem preferir a terapia à via da medicação. A depressão situacional, em especial, pode ser aliviada por ter uma maneira de tirar tudo do peito e receber conselhos práticos.

Para uma abordagem mais prática, tente especialistas como psiquiatras ou psicólogos. Eles oferecem muitos tipos de terapia, desde a terapia leve para o Transtorno Afetivo Sazonal até a terapia cognitivo-comportamental que trabalha para mudar seus processos de pensamento.

Outras alternativas incluem beber chás especiais ou tomar suplementos. As propriedades do chá verde e do chá de camomila lhes conferem um efeito calmante, e alguns obtiveram sucesso ao beber o chá de erva de São João para tratar a depressão. Também pode ser tomado como um complemento. Embora não haja provas de que o hipericão melhore os sintomas de depressão, o óleo de peixe e o SAM-e são suplementos com um impacto comprovado.

Não há vergonha em tomar medicamentos para controlar sua depressão. As pessoas costumam tomar remédios para doenças físicas, e ter uma doença mental não é diferente. Se você estiver preocupado com os possíveis efeitos colaterais, ligue para seu médico para discuti-los. Qualquer medicamento pode ser diminuído ou cessado, e existem diferentes tipos disponíveis para atender às suas necessidades e química individuais.

Lembre-se de que a recuperação é uma jornada, não um destino. Dias ruins ainda virão, mas com um tratamento bem direcionado, você poderá superar pontos baixos extremos. Embora a ciência ainda não tenha encontrado uma cura para distúrbios mentais, como a depressão, é perfeitamente possível viver uma vida feliz e gratificante, apesar disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 Sinais Mostrando Que Seu Açúcar no Sangue é Muito Alto!

Esfoliação Capilar Caseira: Faça seu Cabelo Crescer Hoje Mesmo!